Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (99)99153-8096

Encontre o que deseja

<
NO AR

PROGRAMAÇÃO MUSICAL

    Brasil

Evangélicos montam lavanderia 24h para limpar fardas dos bombeiros em Brumadinho

Publicada em 05/02/19 as 10:23h por Rádio FM Esperança - 13 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
 (Foto: Rádio FM Esperança)

Os bombeiros que trabalham nas buscas pelos corpos das vítimas do rompimento da barragem de rejeitos em Brumadinho (MG) estão recebendo apoio de um grupo de evangélicos que se mobilizou para lavar as fardas após o dia de trabalho.

O pastor Márcio Santos, diretor da Convenção Batista Mineira, é o responsável pela iniciativa: “Nós chegamos aqui e procuramos saber em que poderíamos ser úteis. Perguntei a um dos bombeiros se eles lavavam a roupa que chegava cheia de lama. Ele disse que usava sempre a mesma. Na hora a gente se mobilizou para montar uma lavanderia”, disse o líder evangélico.


Após a constatação de que a Igreja poderia ser útil também dessa forma, Santos realizou a aquisição de 14 máquinas de lavar e secar, com capacidade para 15 quilos, e montou uma estrutura que funciona 24 horas por dia. A aquisição dos equipamentos foi realizada com recursos de um fundo humanitário mantido por 1,2 mil igrejas ligadas à convenção.

Ao todo, 360 bombeiros que trabalham nas operações de busca são beneficiados pela iniciativa do grupo de evangélicos. De acordo com informações do portal G1, mais de mil militares já passaram pela lama desde o rompimento no dia 25 de janeiro.

“Os bombeiros deixam a roupa com a gente no fim do dia. Ela passa por uma ducha que faz parte de um processo de higienização. Depois fica de molho em um produto específico. Aí sim ela vai para a máquina. Todo esse processo é acompanhado por técnicos do trabalho e as pessoas usam roupas especiais para evitar contaminação”, explicou o pastor Márcio Santos.

As fardas são embaladas em um saco com o nome do bombeiro, e entregues limpas no dia seguinte, quando eles estão de folga. “É uma forma de melhorar o bem estar destes profissionais. Um cuidado mesmo com quem está neste tipo de trabalho”, resumiu o pastor.

Cerca de 35 pessoas trabalham dia e noite na lavanderia, e parte do grupo já havia passado por Mariana em 2015 quando houve o rompimento da Barragem de Fundão, pertencente à Samarco. “Lá a gente limpava as casas das pessoas que foram invadidas pela lama”, relembrou Santos


A Convenção Batista Brasileira divulgou uma nota, assinada pelo pastor Luiz Roberto Silvado, cobrando que os responsáveis pela tragédia em Brumadinho sejam levados à Justiça.

“Nós, Batistas brasileiros, lamentamos o desastre familiar ocasionado pelas mortes e desaparecimentos. Lamentamos o desastre social ocasionado pela desestruturação de municípios, instituições, escolas, igrejas e comércio. Lamentamos o desastre ecológico no rios, matas, fauna e flora… Lamentamos o descaso de empresários que, mesmo tendo vivido desastre semelhante, não aperfeiçoaram seus sistemas de segurança para evitar um novo rompimento de barragem”, diz trecho da nota, publicada na página da entidade no Facebook.

“Pedimos às nossas autoridades estaduais e federais providências para atender às famílias desalojadas, prejudicadas e enlutadas. Providências para atender e promover a restauração da natureza ferida. Pedimos ao povo brasileiro que continue demonstrando seu apoio com doações, apoio logístico e orações”, conclui o texto.






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário

Nosso Whatsapp

 (99)99153-8096

Visitas: 17742 |  Usuários Online: 24

JESUS CRISTO - Todos os direitos reservados